Açorda de Poejos

açordsdepoejo

A açorda de Poejos usa o Poejo que é da família das Menthas. Cresce bem em sítios húmidos ou junto de  cursos de rios e ribeiras, onde se encontra selvagem. O óleo essencial do poejo é venenoso e só se pode utilizar em aromaterapia. Muito utilizado na cozinha mediterrânica, em licores, xaropes para tosse, bronquite e gripes, em chás calmantes, para insónias, em dores reumáticas, para enjoos, acidez do estômago e asma. Em cozinha, devido à sua característica venenosa em óleo essencial, está completamente proibido o seu consumo por grávidas, devido ao risco de aborto.

Ingredientes

  • 80g de toucinho salgado
  • 30g de margarina
  • 1 colher de chá de massa de pimentão
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 1 raminho de poejos
  • 1 folha de louro
  • 1,2l de água
  • Sal
  • Pimenta
  • 300g de pão alentejano duro
  • 4 ovos

Passos da Receita

Passo 1

Corte o toucinho em tiras e leve ao lume numa panela com a margarina e a massa de pimentão.

Passo 2

Deixe fritar um pouco sobre lume brando.

Passo 3

Junte a cebola e os dentes de alho, descascados e picados, e deixe refogar.

Passo 4

Entretanto, escolha as folhinhas do ramo de poejos, lave e escorra bem.

Passo 5

Quando a cebola começar a alourar, junte os poejos e a folha de louro.

Passo 6

Deixe as folhas murcharem e regue com a água a ferver.

Passo 7

Tempere com sal e pimenta e deixe ferver durante 20 minutos sobre lume brando.

Passo 8

Corte o pão em fatias finas e coloque-o no prato de serviço ou numa terrina.

Passo 9

Abra os ovos, um a um, para uma tacinha, e introduza-os, à vez, no caldo a fervilhar sobre lume brando.

Passo 10

Retire cuidadosamente os ovos com uma concha e coloque-os sobre o pão.

Passo 11

Regue com o caldo a ferver e sirva de imediato.

O post Açorda de Poejos aparece primeiro no Receitas da Tia Céu.

Source: Receitas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *