Óleo de coco: 10 benefícios desta maravilha da natureza

óleo de coco é um ingrediente chave para os entusiastas de receitas fitness, sendo ainda mais especial para os que seguem um plano alimentar direcionado para o ganho de massa muscular e peso. É feito a partir de uma gordura saturada única, rica em triglicerídeos de cadeia média (TCM), e que não contém açúcar, nem sal.

Este ingrediente especial é utilizado há vários séculos na Ásia, mais especificamente na Índia, para hidratar a pele e o cabelo. Atualmente, é um dos ingredientes mais populares numa grande variedade de produtos de beleza em todo o mundo.

Entre os principais benefícios para um estilo de vida saudável, salienta-se o facto de:

  • Ser altamente resistente ao calor, o que faz dele uma ótima opção para bolos, fritos ou assados;
  • Pode ser um excelente substituto das gorduras vegetais, dando um toque inigualável às tuas receitas saudáveis;
  • Ser um ingrediente apropriado a dietas vegan, kosher e halal.

10 benefícios do óleo de coco para a saúde

1. Ajuda a melhorar os níveis do colesterol

Ao contrário do que era defendido no passado, atualmente, é de conhecimento geral que certas gorduras saturadas, tais como as presentes no óleo de coco, aumentam os níveis de colesterol bom (HDL) e convertem o colesterol mau (LDL) num subtipo benigno.

Para além de reduzir o colesterol, é também um aliado valioso na ação antioxidante e coagulação sanguínea.

2. Ajuda a queimar gordura

É composto por triglicéridos de cadeia média (TCM), ao contrário dos que encontramos na maioria dos alimentos ricos em gordura saturada, que, por norma, são de cadeia longa.

Os TCM podem aumentar o gasto calórico quando comparados com a mesma quantidade de calorias provenientes de gorduras de cadeia mais longa (inclusive o azeite). Entre 15 a 30 gramas de ingestão diária de TCM pode provocar um aumento no gasto energético.

3. O óleo de coco hidrata a pele

Devido à sua textura macia e cremosa, é um excelente hidratante para todos os tipos de pele, inclusive para os lábios. Para além disso, as propriedades antioxidantes ajudam na prevenção do aparecimento de rugas e flacidez, evitando o envelhecimento precoce.

Alguns estudos comprovaram que a utilização cutânea deste ingrediente auxilia no tratamento de algumas doenças de pele, como dermatite e eczema.

4. Protege o organismo contra microrganismos nocivos

É composto também por ácido láurico que, quando digerido pelas enzimas estomacais, forma um monoglicerídeo chamado monolaurina, capaz de eliminar microorganismos nocivos como bactérias, vírus e fungos.

Devido à sua ação bactericida, pode também ser utilizado como clorótico bucal, melhorando a saúde dental e combatendo o mau hálito. Bochechar diariamente previne ainda a acumulação de placa bacteriana.

5. Ajuda a reduzir o apetite

Um estudo comparou pessoas saudáveis com variadas quantidades de triglicerídeos de cadeia longa (TLC) e média (TCM). Constatou-se que, comparativamente a quem consumiu alimentos com mais TLC, os indivíduos que consumiram mais TCM apresentaram uma redução significativa na quantidade necessária de calorias diárias.

Outro estudo comprovou que as pessoas que consumiram alimentos com maior número de TCM na primeira refeição do dia consumiam menos calorias na seguinte.

6. O óleo de coco fortalece os cabelos

A utilização deste ingrediente como hidratante capilar previne e regenera cabelos danificados, uma vez que se trata de um excelente amaciador natural. Tal fator deve-se, principalmente, às características hídricas deste ingrediente, que impedem a penetração da água e poluição nos fios de cabelo. Além disso, ajuda a reduzir a perda proteica do cabelo, deixando-o mais saudável e brilhante.

7. Ajuda a minimizar os efeitos da osteoporose

À medida que envelhecemos, a capacidade de regeneração dos ossos diminui e estes perdem densidade. Trata-se de algo que é mais comum nas mulheres do que nos homens, uma vez que há uma redução de estrogénio durante a menopausa.

Um estudo recente sugeriu que consumir óleo de coco pode reverter a deficiência de estrogénio, inclusive na perda da densidade óssea. Compostos antioxidantes (os denominados polifenóis) podem ajudar a manter a estrutura óssea e prevenir a perda de densidade resultante de alterações hormonais.

8. É eficaz na redução da gordura abdominal

Tendo em conta que ajuda a queimar gordura e a reduzir o apetite, o seu consumo tem impacto na composição corporal.

Foram realizados dois estudos durante os quais foi administrada uma dose diária de 30ml a pacientes com obesidade abdominal. No primeiro, verificou-se uma redução significativa tanto no índice de massa corporal (IMC), como no perímetro da cintura, após um período de 3 meses. No segundo, apenas por homens, houve uma redução média de quase 3cm no perímetro da cintura após apenas mês. Bastou adicionar óleo de coco à alimentação dos pacientes.

9. Ajuda no combate à diabetes

Um estudo recente constatou que uma dieta rica em TCM ajuda a reduzir a resistência à insulina.

Os TCM são pequenos o suficiente para entrarem diretamente nas mitocôndrias (as turbinas energéticas das células) diretamente e, assim, podem ser convertidos em energia. Tal vantagem pode ajudar a reduzir a produção de enzimas pelo pâncreas durante as refeições, contribuindo para uma produção mais eficiente de insulina.

10. Melhora a função cerebral em pessoas com Alzheimer

Os corpos cetónicos produzidos durante o metabolismo deste ingrediente no organismo humano fornecem energia adicional ao cérebro e às células defeituosas, reduzindo os sintomas de Alzheimer.

Um estudo realizado com consumidores diários constatou que a ingestão de TCM originou uma melhoria na função cerebral de pacientes com Alzheimer, especialmente nas funções cognitivas com particular impacto na orientação espacial e construção da linguagem.

 

Related posts

SAIBA COMO PREPARAR O CHÁ BRANCO

Miguel Jardia

6 coisas que acontecem com seu corpo na dieta cetogênica

Miguel Jardia

Como escolher a sua Faca de cozinha Ideal

admin

Login

X

Registar